terça-feira, 29 de novembro de 2016

Avião que transportava time da Chapecoense cai na Colômbia

Aeronave, que seguia para Medellín, onde equipe iria disputar a final da Copa Sul-Americana, transportava 81 pessoas. Informações iniciais anunciam que há seis sobreviventes

Um avião que transportava a delegação do clube de futebol Chapecoense sofreu um acidente na noite da segunda-feira quando se aproximava do aeroporto José María Córdova, na cidade de Medellín, na Colômbia.
A aeronave, da companhia boliviana LAMIA, tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação. As primeiras informações dão conta de pelo menos seis sobreviventes. O jogador Alan Ruschel foi a primeira vítima a chegar no hospital de La Ceja, a localidade mais próxima do ocorrido, segundo relato da agência EFE a partir do local, para onde os feridos estão sendo transportados.
A aeronave, com matrícula CP2933, deveria ter pousado em Medellín às 21h33 (0h33 pelo horário de Brasília), mas perdeu contato com a torre de controle quando sobrevoava o município de La Ceja. O avião, que havia feito escala no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz (Bolívia), relatou “falhas elétricas”, segundo o primeiro comunicado do aeroporto de Medellín.
As autoridades ativaram um plano nacional de emergências. O aeroporto Córdova, que havia anunciado inicialmente o desaparecimento da aeronave, informou que o lugar do acidente só pode ser acessado por via terrestre, “devido às condições climáticas”. O prefeito do Medellín, Federico Gutiérrez, informou pelo Twitter que está se dirigindo para lá. “É uma verdadeira tragédia o que aconteceu esta noite", disse o prefeito. “Oferecemos toda a colaboração técnica e humana para atender este acidente.” As autoridades solicitaram à população que, dadas as más condições climáticas e do terreno, não se dirijam ao local da queda. “Solicita-se à comunidade se abster de ir ao local do acidente, para evitar um colapso. Organismos de emergência trabalham conjuntamente.”
O avião com o time da Chapecoense que caiu por volta da 0h30min (horário de Brasília) próximo da localidade de Cerro Gordo, na Colômbia, estaria voando com  81 pessoas, segundo autoridades colombianas. Dessas, 72 passageiros e 9 tripulantes. Entre eles, 48 faziam parte da da delegação da Chapecoense e 21 eram jornalistas. Os jornalistas do voo eram principalmente do Canal Fox Sport e da RBS.
A equipe da Associação Chapecoenese de Futebol, de Chapecó (SC), viajava a Medellín para disputar nesta quarta-feira o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional – seria a partida mais importante da história do time catarinense. A equipe local manifestou solidariedade através das redes sociais, e a Conmebol divulgou nota informando a suspensão da final. A última imagem que se tem da equipe é um vídeo publicado no seu perfil do Facebook, onde alguns jogadores aparecem esperando o embarque.
A Chapecoense publicou uma nota no Facebook dizendo que não faria declarações oficiais enquanto as autoridades colombianas não prestassem todas as informações disponíveis.
O acidente da Chapecoense evoca outras tragédias similares sofridas por equipes de futebol. Em 1949, o avião no qual a equipe italiana do Torino voltava de um jogo em Lisboa caiu, matando 42 pessoas, entre elas quase todo o elenco. Onze anos depois, outro acidente envolveu a aeronave que trazia o Manchester United de Munique. Oito jogadores, dois dirigentes e o técnico morreram. Sobreviveram sete atletas, entre eles Bobby Charlton, lenda do United.
Fonte: El País Brasil


Em queda de avião da Chapecoense, 21 jornalistas teriam morridos; 6 da Fox

O avião com o time da Chapecoense que caiu por volta da 0h30min (horário de Brasília) próximo da localidade de Cerro Gordo, na Colômbia, estaria voando com  81 pessoas, segundo autoridades colombianas. Dessas, 72 passageiros e 9 tripulantes. Entre eles, 48 faziam parte da da delegação da Chapecoense e 21 eram jornalistas. Os jornalistas do voo eram principalmente do Canal Fox Sport e da RBS.
O avião com o time da Chapecoense que caiu por volta da 0h30min (horário de Brasília) próximo da localidade de Cerro Gordo, na Colômbia, estaria voando com  81 pessoas, segundo autoridades colombianas. Dessas, 72 passageiros e 9 tripulantes. Entre eles, 48 faziam parte da da delegação da Chapecoense e 21 eram jornalistas. Os jornalistas do voo eram principalmente do Canal Fox Sport e da RBS.
Rodrigo Gonçalves (Fox)
Devair Paschoalon conhecido como Deva Pascovicci ( narrador da Fox)
Lilacio Júnior (Fox)
Paulo Clement (Fox Sports)
Mario Sergio Paiva (Fox Sports e ex-jogador)
Guilherme Marques (Globo)
Ari Júnior (Globo)
Guilherme Laars (Globo)
Giovane Klein (RBS- afiliada da Globo)
Bruno Silva (RBS)
Djalma Neto (RBS)
André Podiacki (RBS)
Laion Espindula (Globo Esporte)
Renan Agnolin
Fernando Schardong
Edson Ebeliny
Gelson Galiotto
Douglas Dorneles
Jacir Biavatti
Arthur Maia
Bruno Rangel
Aiton Cesar
Cleber Santana
Marcos Padilha
Dener Assunção
Filipe Machado
José Paiva
Guilherme de Souza
Everton Kempes
Lucas da Silva
Matheus Btencourt
Hélio Zampier
Sérgio Manoel Barbosa
William Thiego
Tiago da Rocha
Josimar
Marcelo Augusto
Mateus Lucena dos Santos
Luiz Saroli
Eduardo Filho
Anderson Araújo
Anderson Martins
Marcio Koury
Rafael Gobbato
Luiz Cunha
Luiz Grohs
Sérgio de Jesus
Anderson Donizette
Andriano Bitencourt
Cleberson Fernando da Silva
Emersson Domenico
Eduardo Preuss
Mauro Stumpf
Sandro Pallaoro
Nilson Jr.
Decio Filho
Jandir Bordignon
Gilberto Thomaz
Mauro Bello
Edir De Marco
Daví Barela Dávi
Ricardo Porto
Delfim Pádua Peixoto Filho
Ovar Goytia
Sisy Arias
Romel Vacaflores
Alex Quispe
Gustavo Encina
Erwin Tumiri
Angel Lugo

A imprensa e as autoridades locais estão divulgando uma lista de sobreviventes. Seriam eles: Alan Ruschel (lateral da Chapecoense). Jakson Follmann (goleiro), Danilo (goleiro), Rafael Henzel (jornalista) e Ximena Suarez (comissária).
Segue a lista  que está sendo divulgada das prováveis vítimas. Deve-se considerar que as informações ainda são desencontradas. E há possibilidade de outros sobreviventes.
Jornalistas
Victorino Chermont (Fox Sports)
Lista da delegação da Chapecoense:
Ananias Monteiro
Lista de tripulantes
Miguel Quiroga
Fonte: Revista Forum

Nenhum comentário:

Postar um comentário