quarta-feira, 31 de agosto de 2016

'Temos que modernizar legislação trabalhista', diz Temer em 1º pronunciamento como presidente

Novo presidente do Brasil, empossado após a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff, afirmou que lema 'é gastar apenas o dinheiro que se arrecada'Para isso,
Michel Temer realizou na noite desta quarta-feira (31/08) seu primeiro pronunciamento em rede nacional como presidente do Brasil.
Em seu discurso, Temer afirmou que lema do novo governo "é gastar apenas o dinheiro que se arrecada", em referência às acusações de "pedaladas fiscais" que levaram à destituição de Dilma Rousseff, cujo impeachment foi aprovado nesta tarde pela maioria do Senado brasileiro.

"Assumo a Presidência do Brasil, após decisão democrática e transparente do Congresso Nacional", iniciou Temer, que em seguida afirmou que recebeu o país "mergulhado em uma grave crise econômica". "Meu compromisso é o de resgatar a força da nossa economia e recolocar o Brasil nos trilhos", afirmou.
Para isso, "alicerces" de seu governo serão "eficiência administrativa, retomada do crescimento econômico, geração de emprego, segurança jurídica, ampliação dos programas sociais e a pacificação do país". O novo presidente do Brasil diz ter enviado ao Congresso proposta de emenda constitucional para estabelecer teto para gastos públicos. "Nosso lema é gastar apenas o dinheiro que se arrecada".
Temer falou também sobre a intenção de "modernizar a legislação trabalhista, para garantir os atuais e gerar novos empregos" e "adotar medidas que melhorem a qualidade dos serviços públicos e agilizem sua estrutura". 
O novo presidente disse que o Brasil "é um país extraordinário", citando a "abundância de recursos naturais" e o "espírito empreendedor" dos brasileiros. "Trabalhamos muito. Somos pessoas dispostas a acordar cedo e dormir tarde em busca de nosso sonho", disse Temer, voltando ao tema "Não pense em crise, trabalhe" do início de seu governo interino, após o afastamento de Dilma, em maio.
"Não podemos olhar para frente, com os olhos do passado", continuou, comprometendo-se a "dialogar democraticamente com todos os setores da sociedade brasileira" e "respeitar a independência entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário".
"Despeço-me lembrando que ordem e progresso sempre caminham juntos", afirmou Temer. "Obrigado, boa noite a todos, e que Deus nos abençoe nessa nossa caminhada", finalizou.
Fonte: Opera Mundi

Nenhum comentário:

Postar um comentário