quinta-feira, 25 de junho de 2015

Datena é atacado por questionar ação policial

Apresentador da Band foi criticado por cogitar que ação de PM, que baleou dois suspeitos à queima-roupa na noite de terça-feira, pode ter ser sido irregular
José Luiz Datena, apresentador do programa Brasil Urgente, da Band, foi duramente criticado por telespectadores após a edição de terça-feira 23, no qual levantou a hipótese de uma ação policial contra dois suspeitos ter ocorrido de forma irregular. 
O Brasil Urgente e o Cidade Alerta, da Record, exibiram uma perseguição policial no Jardim São Luís, zona sul de São Paulo, que terminou com um policial militar atirando em duas pessoas que fugiam uma moto. Após um dos suspeitos jogar um capacete contra a moto da PM, um policial dá dois tiros contra os dois homens. Após eles caírem, o PM sai de sua moto e atira novamente, várias vezes.
José Luiz Datena, apresentador do programa Brasil Urgente, da Band, foi duramente criticado por telespectadores após a edição de terça-feira 23, no qual levantou a hipótese de uma ação policial contra dois suspeitos ter ocorrido de forma irregular. 
Brasil Urgente e o Cidade Alerta, da Record, exibiram uma perseguição policial no Jardim São Luís, zona sul de São Paulo, que terminou com um policial militar atirando em duas pessoas que fugiam uma moto. Após um dos suspeitos jogar um capacete contra a moto da PM, um policial dá dois tiros contra os dois homens. Após eles caírem, o PM sai de sua moto e atira novamente, várias vezes. 
Marcelo Rezende, o apresentador da Record, saiu em defesa da ação de forma imediata. “Se ele atirou, é porque o bandido estava armado. E fez muito bem". Inicialmente, Datena fez o mesmo, com menos convicção. “Não sei se os caras apontaram o revólver para o policial, não vi. Provavelmente, sim”. Depois, o apresentador da Band levantou a possibilidade de a ação não ter sido correta e disse que a PM deveria responder pelocorrido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário