sexta-feira, 15 de abril de 2016

Impeachment de Dilma vira piada em TV dos EUA

TV norte-americana faz piada e se diz espantada com tentativa de golpe em curso no Brasil, já que "60% dos legisladores que pretendem afastar a presidente Dilma enfrentam acusações que variam de fraude eleitoral até homicídio"
No programa “Last Week Tonight with John Oliver”, não faltaram críticas ao Congresso brasileiro e aos condutores do impeachment. Até o boneco inflável gigante de Lula com roupas de presidiário, chamado de ‘pixuleko’, foi alvo das piadas.
“Os legisladores brasileiros estão se movendo para retirar a presidente [Dilma] Rousseff”, explicou. “Mas eles podem não estar na melhor posição para julgá-la pois 60% deles enfrentam acusações que variam defraude eleitoral até homicídio“, acrescentou, citando números que o jornal americano “The New York Times” usou do portal Transparência Brasil.
“O Legislativo brasileiro potencialmente contém 40% de criminosos per capita a menos que o sistema penitenciário”, concluiu o comediante.
Oliver também afirma que Dilma pode ter agravado a crise do governo ao nomear Lula para a Casa Civil. “Embora Lula afirme que as acusações [contra ele] tenham motivação política, Rousseff não acalmou as coisas”, disse.
O comediante britânico John Oliver abordou a crise política brasileira e o processo de impeachment na última semana em seu programa na HBO (vídeo abaixo).
No programa “Last Week Tonight with John Oliver”, não faltaram críticas ao Congresso brasileiro e aos condutores do impeachment. Até o boneco inflável gigante de Lula com roupas de presidiário, chamado de ‘pixuleko’, foi alvo das piadas.
“Os legisladores brasileiros estão se movendo para retirar a presidente [Dilma] Rousseff”, explicou. “Mas eles podem não estar na melhor posição para julgá-la pois 60% deles enfrentam acusações que variam defraude eleitoral até homicídio“, acrescentou, citando números que o jornal americano “The New York Times” usou do portal Transparência Brasil.
“O Legislativo brasileiro potencialmente contém 40% de criminosos per capita a menos que o sistema penitenciário”, concluiu o comediante.
Oliver também afirma que Dilma pode ter agravado a crise do governo ao nomear Lula para a Casa Civil. “Embora Lula afirme que as acusações [contra ele] tenham motivação política, Rousseff não acalmou as coisas”, disse.
Sem citar as conversas grampeadas, o apresentador explica que Lula é investigado por sua suposta participação no esquema de propina na Petrobras. “Existe alguma estatal de petróleo que não seja corrupta?”, pergunta o comediante.
Ao falar das liminares concedidas para derrubar a nomeação e a posse do ex-presidente na Casa Civil, Oliver afirma: “O Judiciário está agora em revolta aberta contra o Executivo.”
Sobre as manifestações realizadas recentemente, o comediante não poupou o Pixuleko: “Esse balão se parece menos com Lula e mais com um desenho por Picasso de Mandy Patinkin [ator da série Homeland]”.
Vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário