segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Após incêndio, viaduto Pompeia vai permanecer bloqueado na terça



Após incêndio em um galpão da escola de samba Mocidade Alegre, na zona oeste de São Paulo, o viaduto Pompeia deverá permanecer interditado na terça-feira (10).

O galpão fica na avenida Nicolas Boer, embaixo do viaduto. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) orienta que os motoristas evitem circular pela região.
Não há previsão de quando a via será liberada, pois depende da vistoria dos engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, de acordo com nota da Secretaria Municipal de Segurança Urbana.
DESVIOS
De acordo com a CET, os veículos vindos da avenida Marquês de São Vicente, sentido Lapa, deverão seguir pela praça Luiz Carlos Mesquita e viaduto Antártica, sentido Sumaré. Já os que vem do sentido Barra Funda, deverão seguir pela praça Jácomo Zanella e viaduto Nagib Brein (viaduto da Lapa).
Os motoristas que circulam pela avenida Nicolas Boer e ponte Julio de Mesquita Neto, no sentido Barra Funda, devem utilizar a avenida Marquês de São Vicente, sentido Lapa, praça Luiz Carlos Mesquita e viaduto Antártica, sentido Sumaré.
Os veículos provenientes da avenida Pompéia, sentido Barra Funda, deverão seguir pela avenida Francisco Matarazzo, sentido Centro, rua Padre Antônio Tomás e avenida Antártica, sentido Barra Funda.
Os motoristas provenientes do elevado Costa e Silva, sentido Lapa, devem seguir pelo Largo Péricles, ruas Marta, Margarida, avenida Pacaembu, sentido cairro e viaduto Pacaembu, sentido Bairro.
Os veículos que seguem da avenida Francisco Matarazzo, sentido Lapa, deverão utilizar a rua Guaicurus e o viaduto Elias Nagib Brein, sentido Barra Funda.
Para acessar o Terminal Rodoviário Barra Funda, os motoristas devem seguir pela avenida Marquês de São Vicente, praça Paschoal Martins, ruas Robert Bosch, José de Oliveira Coutinho e avenida Jornalista Aluísio Biondi. Os que deixam o terminal rodoviário deverão utilizar a rua Quirino dos Santos e a avenida Marquês de São Vicente.
INCÊNDIO
Os bombeiros foram acionados por volta das 14h de hoje para conter um incêndio no galpão da escola de samba Mocidade Alegre, próximo ao viaduto Pompeia, zona oeste de São Paulo.
Segundo o diretor de comunicação da escola de samba, Everton Morgado, o fogo começou na parte onde são guardadas as esculturas dos carnavais passados e se alastrou rapidamente.
A escola de samba afirmou que havia funcionários no local, mas que, segundo a Polícia Militar, todos conseguiram sair.
Por volta das 17h o incêndio já havia sido controlado, porém 17 carros do Corpo de Bombeiros trabalharam no local até as 20h. A extinção de incêndio e rescaldo completo terminou às 20h50.
A diretoria da escola informou que o incêndio não irá prejudicar o desfile deste ano, pois apenas alegorias do ano passado foram atingidas pelo incêndio.
Em nota, a Secretaria de Segurança Urbana disse que "a possível causa do incêndio teria sido a queima de um vespeiro por funcionários da escola de samba". O fogo teria se alastrado e queimando cerca de 50% dos matérias da escola, informava.
A escola de samba não foi encontrada pela reportagem até as 21h40 para comentar a nota da secretaria.
Incêndio atinge escola de samba na região da Pompéia, na zona oeste de São Paulo

Fumaça vista de longe após incêndio em galpão da Mocidade Alegre, na Pompéia, zona oeste de São Paulo



Nenhum comentário:

Postar um comentário