sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sobe avaliação positiva do governo Dilma, aponta Ibope

Pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Margem de erro é de 2 pontos percentuais; foram ouvidos 2.002 eleitores.

        O percentual de eleitores que avaliou o governo da presidente Dilma Rousseff como ótimo ou bom passou de 51% em setembro para 56% em dezembro, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (16).
Segundo o levantamento, 9% consideraram o governo Dilma ruim ou péssimo, contra 11% na pesquisa anterior.
        A aprovação pessoal de Dilma ficou praticamente estável, oscilando de 71% dos eleitores em setembro para 72% em dezembro.
A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, o que significa que a aprovação da presidente pode ser de 70% a 74%.
         Entre 2 e 5 de dezembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 142 municípios de todas as regiões do país.
              Tolerância zero
        Em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, que aconteceu um pouco antes da divulgação dos números da pesquisa Ibope, a presidente afirmou que seu governo tem “tolerância zero” à corrupção.
        Dilma afirmou que não “tem compromisso com qualquer prática inadequada de corrupção” e negou que sua relação com os partidos políticos tenha sido um momento difícil no seu primeiro ano de governo.
“Não tem nenhum compromisso com qualquer prática inadequada de corrupção dentro do governo. É nenhum, é zero. Tolerância zero. Eu vou cada vez mais exigir que os critérios de governança internos do governo sejam critérios internos do governo, que nenhum partido politico interfira na relação”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário