quinta-feira, 30 de junho de 2016

Gregorio Duvivier bate boca com Marco Feliciano ao vivo

O ator Gregorio Duvivier e o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) discutiram ao vivo no programa de rádio Pânico, da Jovem Pan, nesta semana. Convidado para divulgar o filmeContrato Vitalício, do grupo Porta dos Fundos, o humorista precisou responder a provocações do parlamentar, que ligou para a rádio para comentar a entrevista.

“Quando ele diz que não é do PT. Onde é que já se viu isso? Assume, amigo. Ele é mais petista do que qualquer um de nós. Ele é mais vermelho do que o próprio Fidel Castro. O meu problema com Duvivier é que eu queria saber por que ele não faz uma charge, não faz humor com o Islã, com o Estado Islâmico, com Maomé. Por que faz só com o cristianismo?”, alfinetou.

“Porque não tem nenhum deputado islâmico que está roubando o meu dinheiro, senhor”, respondeu o ator, ao lembrar em seguida do vídeo em que o pastor aparece pedindo a senha do cartão de crédito de fiéis durante uma pregação.
O ator Gregorio Duvivier e o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) discutiram ao vivo no programa de rádio Pânico, da Jovem Pan, nesta semana.
Convidado para divulgar o filme Contrato Vitalício, do grupo Porta dos Fundos, o humorista precisou responder a provocações do parlamentar, que ligou para a rádio para comentar a entrevista.
“Quando ele diz que não é do PT. Onde é que já se viu isso? Assume, amigo. Ele é mais petista do que qualquer um de nós. Ele é mais vermelho do que o próprio Fidel Castro. O meu problema com Duvivier é que eu queria saber por que ele não faz uma charge, não faz humor com o Islã, com o Estado Islâmico, com Maomé. Por que faz só com o cristianismo?”, alfinetou.
“Porque não tem nenhum deputado islâmico que está roubando o meu dinheiro, senhor”, respondeu o ator, ao lembrar em seguida do vídeo em que o pastor aparece pedindo a senha do cartão de crédito de fiéis durante uma pregação.
Depois, Feliciano diz que Duvivier precisa tomar cuidado com seu novo filme porque a Lei Rouanet está sob investigação da Polícia Federal. “Esse filme não tem Lei Rouanet, estúpido, tem Lei do audiovisual. Vamos estudar?”, devolveu o humorista.
Confira a seguir.
Fonte: Revista Forum

Nenhum comentário:

Postar um comentário