quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Jair Bolsonaro não teria recebido nem o voto do filho para presidente da Câmara

Flagrante do fotógrafo Lula Marques mostra o parlamentar dando uma bronca no filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro, pelo WhatsApp, por ter esquecido data da eleição: “Se a imprensa te descobrir aí e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne”
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi o último colocado na eleição para presidente da Câmara, realizada no dia 2 de fevereiro, com quatro votos. Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito e seguirá com o mandato até 2018. O desempenho de Bolsonaro virou motivo de piada, por ter ficado atrás, inclusive, da quantidade de votos em branco.
O que pouca gente sabia é que nem mesmo seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), foi à Câmara para dar seu apoio. O fotógrafo Lula Marques fez um flagrante da bronca levada por Eduardo pelo aplicativo WhatsApp.
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi o último colocado na eleição para presidente da Câmara, realizada no dia 2 de fevereiro, com quatro votos. Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito e seguirá com o mandato até 2018.
O desempenho de Bolsonaro virou motivo de piada, por ter ficado atrás, inclusive, da quantidade de votos em branco.

O que pouca gente sabia é que nem mesmo seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), foi à Câmara para dar seu apoio. O fotógrafo Lula Marques fez um flagrante da bronca levada por Eduardo pelo aplicativo WhatsApp.
Segundo publicado pelo profissional, em seu perfil no Facebook, a imagem feita do celular de Jair Bolsonaro mostra que o filho não sabia sobre a data da eleição. “Se a imprensa te descobrir aí e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne”, escreveu.

Em seguida, veio a resposta: “Quer me dar esporro tudo bem. Vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Me comparar com o merda do seu filho, calma lá”.
Fonte: Revista Forum

Nenhum comentário:

Postar um comentário