domingo, 10 de junho de 2012

Cúpula Social apoia proposta de novo organismo regional na AL


A Cúpula Social paralela à 42ª Assembleia da Organização de Estados Americanos (OEA) respaldou nesta segunda-feira a luta dos presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Rafael Correa, do Equador, para a criação de um novo organismo regional e um novo sistema latino-americano de direitos humanos que não responda a ditames extrarregionais.

A Cúpula Social congrega delegações e representações sociais do Peru, Chile, México, Argentina, Chile, Equador, Brasil, Venezuela e Bolívia, entre outros países.

Ao ritmo de uma tradicional dança boliviana, ambos os mandatários foram elogiados pela firme proposta apresentada à OEA, sobre a criação de um novo organismo regional, o direito marítimo da Bolívia, a libertação dos cinco patriotas cubanos e a recuperação das Ilhas Malvinas pela Argentina.

"Como chilenos pensamos que é o desaparecimento de uma coisa antiga e o nascimento de algo bom. Esta organização deve ser profundamente anti-imperialista e em sua agenda deve constar a recuperação dos recursos naturais para cada povo, deve refletir a verdadeira integração dos povos", afirmou Juan Cuevas, representante da União Bicentenário do Chile.

"Não queremos ser colônia norte-americana", gritaram em uníssono os delegados – indígenas, trabalhadores e camponeses de diferentes países, que desfraldavam suas bandeiras e mostravam cartazes em apoio aos presidentes dos países que fazem parte da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba).

Vídeo sobre a matéria:

Fonte texto: Blog do Gilson Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário